fbpx

No mundo das marcas, o primeiro impacto importa.

A identidade visual serve para uma marca se posicionar no mercado, transmitindo os seus valores e personalidade através do uso de cores, formas e fontes que usa nos seus conteúdos. Isto aplica-se a conteúdos online e offline. A ideia é ajudar a marca a comunicar com os seus clientes, despertando as suas emoções.

Um guia de identidade visual é um documento com indicações sobre os elementos que criam a imagem da tua marca e como os mesmos devem ser usados (e já agora de como não devem ser usados).

Porque é importante?

 

  • Consistência
    • Ao ter um guia com regras bem definidas de como os elementos da tua marca devem ser usados vais conseguir ter uma maior consistência visual qualquer que seja a plataforma onde apliques esses elementos.
  • Clareza
    • Se precisares de contratar alguém para criar algum tipo de conteúdo para a tua marca, essa pessoa vai ter um guia onde está definido de forma clara o estilo da tua marca.
  • Valor
    • Uma marca que seja consistente e coerente tem um valor percebido maior do que uma marca que não tenha. Além disso torna-se mais facilmente identificável.

A escolha desses elementos vai ajudar a captar clientes que se identifiquem com os valores da marca fazendo com se distinga das demais, sendo por isso uma importante ferramenta para que o teu negócio comunique com os teus potenciais clientes.

Antes de criares a tua identidade visual tens já de ter uma estratégia de marca definida. Quais os valores, qual o teu público alvo, como te queres posicionar no mercado são pontos que deves ter em consideração antes de criares a identidade visual para o teu negócio.

Pensa como queres que os teus clientes te vejam.

Para criares o guia da identidade visual da tua marca terás de incluir:

  • O Logotipo (e suas variantes)
  • A tua palete de cores (link)
  • As fontes que vais usar
  • Elementos gráficos complementares
  • Tipo de imagens/vídeos que se enquadram
  • Layout (como os elementos se relacionam entre si)

 

 

Todos estes elementos devem funcionar em harmonia de forma coesa e única.

O manual de identidade de marca é um documento, normalmente em PDF (para ser facilmente partilhável), onde estarão definidos os elementos que referi acima. Ao longo do tempo podes sentir necessidade de adaptar a identidade da tua marca e não há qualquer problema nisso.

Tudo no mundo evolui, e as marcas não são exceção.

Hoje em dia nada é estático por isso não tenhas receio de ir experimentando coisas diferentes de forma gradual e progressiva mas sempre mantendo o foco no que queres que a tua marca represente e como queres estabelecer a comunicação com o teu público. Mudanças demasiado radicais podem criar um choque demasiado grande e a marca deixar de ser reconhecida.

Como vês ter um logotipo é o princípio, mas não basta para ter uma identidade visual impactante.

Se quiseres saber mais como criar uma identidade visual lê este artigo. Tendo os elementos da identidade visual definidos, criar o manual é a parte mais fácil 😉

Qual é a maior dificuldade em criar a identidade visual da tua marca?